Primeira revista de literacia em saúde da SPLS já está disponível. Veja aqui

Data Evento

8 de Novembro, 2023    
Todo o dia

Primeira revista de literacia em saúde da SPLS já está disponível. Veja aqui

A Sociedade Portuguesa de Literacia em Saúde (SPLS) acaba de lançar a primeira edição da Revista Portuguesa de Literacia em Saúde (RPLS), uma ferramenta aberta ao público que pretende promover e aumentar o conhecimento nesta área. Neste primeiro número, os leitores são levados a refletir sobre a linha de vida da pessoa, desde a infância à velhice. A RPLS pode ser lida aqui. 

“Esta revista, propriedade da SPLS num projeto vanguardista, consciencioso e comprometido com o bem comum, bem-estar individual e social, educação em saúde, promoção da saúde e longevidade com saúde, compromete-se a abordar tópicos que envolvam a literacia em saúde, como práticas, desafios, resultados e contributos”, explica a coordenadora científica do projeto, Célia Belim. “É uma revista que prima pela interdisciplinaridade, acolhendo as relações entre a literacia em saúde como campo de estudos com outras ciências, como as ciências médicas, as ciências da comunicação, as ciências da educação”. 

Neste primeiro número, a revista foca-se em diversos assuntos, problemas, desafios e soluções ligados à literacia em saúde, privilegiando a linha de vida da pessoa. Inclui, por exemplo, artigos focados na infância, idade adulta e velhice. A revista é composta por seis artigos científicos e de uma entrevista a Cristina Vaz de Almeida, presidente da SPLS. 

Alguns dos mais importantes objetivos desta revista passam pelo empoderamento do cidadão e promoção da educação em saúde. “A RPLS avalia que o empoderamento do cidadão através da literacia em saúde é fundamental para o fortalecimento da saúde pública, permitindo que as pessoas tomem decisões informadas sobre a sua saúde”, continua Célia Belim. Além disso, “procura também assumir-se como uma fonte de conhecimento e recursos que contribuam para a promoção da educação em saúde, auxiliando na melhoria da qualidade de vida da população”. 

“A literacia em saúde é mais do que um conceito, é um direito. Acreditamos que todos devem ter a oportunidade de compreender mais sobre a sua saúde e tomar decisões informadas. Esta revista é um veículo para promover a equidade em saúde, tornando a informação acessível a todos e contribuindo para uma comunidade mais saudável e informada”, conclui a presidente da SPLS, Cristina Vaz de Almeida.